Soldados da Borracha: Gladson pede apoio ao líder do governo na votação da CCJ do Senado

  • 20 de February de 2014

O deputado federal Gladson Cameli (PP/AC) se posicionou novamente nesta quinta-feira (20) sobre o Projeto de Emenda à Constituição (PEC dos Soldados da Borracha) afirmando que é necessário que o Senado Federal corrija as distorções apresentadas no texto original.

Ainda em 2013, o parlamentar entrou em contato com o líder do Governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), para alertar das distorções no texto aprovado na Câmara dos Deputados, solicitando o apoio na votação urgente da matéria, haja vista a morosidade e o tempo em que os "heróis da pátria" aguardam pela conclusão no Congresso Nacional.

 Cameli elogiou o relatório apresentado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) publicado na última quarta-feira (19), que propõe que a pensão mensal vitalícia dos Soldados da Borracha seja fixada em R$ 3.789, sendo corrigido pelos mesmos índices aplicados aos benefícios de prestação continuada mantidos pela Previdência Social.

"Tenho reforçado a necessidade imediata de aprovação da PEC dos Soldados da Borracha, fazendo justiça e contemplando verdadeiramente estes combatentes e suas famílias. Continuaremos unidos neste desafio de encontrar uma solução justa e definitiva para este caso'', disse Cameli.

O valor de R$ 25 mil, em parcela única, sem incidência de tributo, a título de compensação por diferenças devidas anteriormente, é um dos principais pontos da proposta, e Cameli garante que continuará trabalhando em favor da causa dos Soldados da Borracha.

A proposta será votada pela CCJ na próxima semana e por fim no plenário do Senado.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades