Senador Gladson Cameli defende agronegócio como alternativa econômica para o Acre

O senador Gladson Cameli (Progressistas) defendeu o agronegócio e o desenvolvimento rural como alternativas econômicas para o estado do Acre. Ele participou neste sábado (14), em Boca do Acre, no Amazonas, de um encontro de pecuaristas dos estados do Acre, Rondônia e do Amazonas, evento que debateu além de sustentabilidade, a regularização de terras invadidas na Reserva do Purus.

O evento foi promovido pela Associação de Pecuaristas da Reserva do Purus. Em sua participação, o senador defendeu um novo modelo econômico para o setor que não seja a Florestania. “Esse foi um tipo de política pública de desenvolvimento que não se traduziu em emprego e renda para a nossa população, que está hoje sofrendo com o abandono do poder público”, disse o senador.

Para Cameli, não há outra saída mais viável para o Acre se não a abertura do mercado para o setor agropecuário e o fortalecimento da agricultura familiar. “Precisamos de uma gestão que tenha como prioridade a zona rural, com intervenções do campo para a cidade”, comentou ele.

O progressista defende a criação de um ambiente de negócio favorável com investimentos de baixo custo de investimento estatal, mas de grande alcance social e econômico. Ele abordou as dificuldades de concluir o projeto Luz Para Todos por falta de ramais e do total de R$ 94 milhões de emenda de bancada para melhorias de ramais, que podem voltar aos cofres do governo federal por falta de projetos do governo do estado.

A proposta apresentada pelo senador foi elogiada por pecuaristas como Sidnei Zamora e Mauro Esporido. À convite do prefeito Zeca Cruz (PSDB), Cameli aproveitou a agenda na cidade de Boca do Acre para visitar o Parque de Exposições onde acontece o evento agropecuário.

Antes de voltar para Rio Branco, Gladson Cameli recepcionou o governador do Amazonas, Amazonino Mendes, que desembarcou no final da tarde de sábado para prestigiar a Expoboca.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades