Gladson defende PF e pede união pelas vítimas da cheia do rio Acre

  • 13 de March de 2014

Gladson Cameli

 

Durante pronunciamento na tribuna da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (11), o deputado federal Gladson Cameli (PP-AC) solicitou o apoio dos colegas de bancada aos servidores da Polícia Federal, que esta semana iniciaram mais uma etapa de greve buscando o reconhecimento de seus direitos.

Em sua agenda em Brasília, Cameli priorizou contato com as autoridades competentes do estado sobre cheia do Rio Acre, que na medição feita ao meio dia desta quarta-feira (12), registrou 16.77m, dois metros e setenta e sete centímetros acima da cota de transbordamento que é de 14,00m. São 871 famílias alojadas em abrigos, uma média de três mil pessoas.

Gladson recebeu em seu gabinete a presidente Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (SINPECPF), Leilane Ribeiro, que relatou a preocupação dos servidores federais, pois alegam que a cúpula do Governo aparenta estar mal assessorada e sem noção da realidade.

A presidente falou ainda que é de conhecimento de todos que os aeroportos e unidades de fronteiras brasileiras, sem exceção, não suprem a quantidade necessária de servidores federais para cuidar do policiamento aeroportuário, de fronteia e combate ao crime.

Os servidores alegam que até a presente data não foi regulamentada a Lei 12.855/2013, norma que institui a indenização devida a ocupante de cargo efetivo das Carreiras e Planos Especiais de Cargos que especifica, em exercício nas unidades situadas em localidades estratégicas vinculadas à prevenção, controle, fiscalização e repressão dos delitos transfronteiriços.

O deputado reconheceu a necessidade da valorização desta categoria que trabalha pela proteção do estado e do cidadão. "É preciso reconhecer o trabalho árduo e muitas vezes heróico realizado pelos servidores da Policia Federal do nosso país e principalmente os que trabalham nas áreas de fronteiras como no meu querido estado do Acre", disse o parlamentar.

Para categoria o descaso não para por aí, eles ainda citam a reestruturação salarial da classe, reconhecimento de nível superior e nem tão pouco a reposição salarial ocasionada pela inflação galopante.

Sobre a enchente que afeta o Acre

O parlamentar prestou mais uma vez solidariedade as famílias que vem passando por este grave problema, e deixou claro que este é um momento de união, independente de cores partidárias, permanecendo a disposição das prefeituras dos municípios prejudicados e do Governo estadual.

"O nível das águas continuam subindo e neste momento temos que somar forças buscando alternativas para ajudar as famílias. Fiz contato com o prefeito Marcus Alexandre informando que permaneço a disposição da prefeitura de Rio Branco e dos demais gestores dos municípios prejudicados pela a cheia. Este é o momento da mobilização da bancada federal para declarar apoio a população", finalizou Cameli.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades