Gladson Cameli solicita torre de celular para Santa Luzia e Vila Caquetá no Acre

O senador Gladson Cameli (PP-AC), nesta última quarta-feira,16, em Brasília, reiterou o pedido para a empresa Oi para instalar torres de celular nos distritos de Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, e Vila Caquetá, em Porto Acre, no Acre. Em pleno século 21, cerca de cinco mil pessoas que vivem nessas regiões continuam isoladas pela falta comunicação. Indignado, o parlamentar também se queixou das frequentes interrupções na telefonia móvel no estado.

De acordo com o senador, a falta de qualidade da telefonia móvel do Acre é inaceitável. “Uma das grandes reclamações no Procon do Acre é a telefonia. Tarifas altas e a péssima qualidade são os motivos mais registrados na instituição. Agora, estou pedindo aos diretores da Oi para que tirem os distritos de Santa Luzia e Vila Caquetá do isolamento. Os moradores dessas regiões também têm o direito de se comunicarem”, afirmou o parlamentar.

O diretor de Relações Institucionais da Oi, Marcos Augusto Mesquita, ressaltou que a empresa tem feito o possível para resolver os problemas que competem a companhia. “Senador, estamos estudando formas para melhorar o serviço da instituição no estado do Acre. Sobre sua solicitação, vamos priorizar e buscar por meio de parcerias meios de viabilizar as torres para os distritos”, informou o diretor.

O prefeito de Porto Acre, Carlinhos da Saúde (PSDB-AC), ressaltou a importância da instalação da torre no distrito da Vila Caquetá. “A comunidade está totalmente isolada em pleno 2016. O acesso à comunicação é um sonho do distrito. Eu fico muito feliz em ver o trabalho do senador Gladson Cameli que é sempre um parceiro aqui em nosso município”, destacou o prefeito.

Já o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB-AC), destacou os benefícios para o distrito de Santa Luzia. “Temos cerca de duas mil pessoas morando nessa região e lá não tem nenhum meio de comunicação para as pessoas usarem. Isso é uma necessidade para as famílias”, disse.

Durante a reunião, no gabinete do senador, no Senado Federal, Cameli informou aos diretores que apresentou um requerimento na Comissão de Ciência e Tecnologia, para que as empresas expliquem o motivo das falhas nos serviços na região.  

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades