Gladson Cameli cumpre agenda de agradecimento pela eleição ao Senado

  • 08 de October de 2014

Carreata-08.10.2014Eleito o senador mais jovem do país nas eleições do último domingo (05) com uma votação histórica de 218.756 votos, Gladson Cameli (PP) disse que permanecerá cumprindo por vários dias uma extensa agenda de agradecimentos aos eleitores na capital e no interior.
A agenda começou na segunda-feira (06), em Cruzeiro do Sul, onde participou de uma carreata e prosseguiu nesta terça-feira (07) com entrevistas a vários veículos de comunicação do Acre e do país, além de uma reunião com dirigentes e ex-candidatos do seu partido, o PP, na sede regional em Rio Branco.

Na reunião na sede do PP, Gladson Cameli agradeceu o apoio e empenho de cada um dos candidatos na sua eleição e pediu apoio redobrado à campanha do segundo turno para eleger Márcio Bittar (PSDB) governador do Estado e Aécio Neves (PSDB) presidente do Brasil. Desses mesmos dirigentes recebeu a garantia de empenho na campanha na capital e no interior nos próximos 20 dias.

“Sou grato ao povo do Acre pela expressiva votação que tive no último domingo e sou especialmente grato à nossa militância da coligação Aliança Por Um Acre Melhor e do meu partido, o PP, pois sem eles não teria vencido a eleição. Agora nossa prioridade é eleger o Márcio governador e Aécio Neves presidente da República”, disse Cameli.

Nas entrevistas a emissoras de rádio e TV, Gladson Cameli reafirmou seu compromisso com as reformas política e tributária, reforma do Código Penal, além das obras da ponte do rio Madeira. “Já solicitei uma audiência com o ministro dos Transportes para tratar das obras da ponte do rio madeira e a elevação da estrada (Br-364 no trecho Porto Velho – Rio Branco). Como disse na campanha, vou ser um defensor intransigente dessas obras que são de grande importância para o desenvolvimento do nosso Estado”, disse Gladson Cameli acrescentando que tão importante quanto a ponte do madeira é a elevação do leito da BR-364 nas áreas atingidas pela cheia do rio no início deste ano.

“Uma coisa (a construção da ponte) não separa da outra (a elevação da estrada). Não adianta termos uma ponte se a estrada não for elevada nos pontos mais críticos. Vou trabalhar em Brasília com nossa bancada de deputados federais e os senadores Petecão (PSD) e Jorge Viana (PT) para garantir que essas obras saiam do papel e sejam concluídas. Disso não abro mão e vou lutar até o fim”, disse Cameli.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades