Declarando sua gratidão pelo Acre, Gladson Cameli se despede da Câmara Federal

  • 11 de December de 2014
Gladson Cameli - DiscursoAtravés de discurso em Plenário, o deputado federal e senador eleito pelo Acre em 2014,  Gladson Cameli (PP) despediu-se, nesta quinta-feira, 11, dos oito anos de mandato exercidos na Câmara dos Deputados Federais, destacando sua gratidão pelo povo acreano, referindo-se aos seus conterrâneos como motivo de orgulho para o Brasil.
 
Cameli, que deixa a Casa tendo exercido cargos de destaque como a presidência da Comissão da Amazônia e a titularidade na Comissão de Minas e Energia e na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), lembrou, emocionado, que chegou ao Congresso Nacional com 28 anos de idade, impulsionado pelo exemplo do tio, o ex-governador Orleir Cameli, que deixou para ele a lição de respeito e solidariedade ao próximo.
 
 Como exemplo de sua atuação na Câmara, Gladson citou sua indicação por duas vezes consecutivas como campeão em liberação de emendas e a apresentação de projetos de Lei como o PL 5957 que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de câmeras de vídeos nas escolas públicas de todo território nacional, e o PL 7504, que altera a Lei 8.213/91, que conta como tempo de efetiva atividade rural o período de defesa na atividade pesqueira, entre outras.
 
O parlamentar também lembrou que foi relator de diversos projetos como o PL 5957, que dispõe sobre o regime tributário. Cambial e administrativo das Zonas de Processamento ede Exportação – ZPE´s. “Sempre trabalhei pautado pelo bem da coletividade, indicando recursos para todos os municípios do Acre, sem distinção de cores partidárias, ,antendo meu gabinete sempre de portas abertas para todos os acreanos”, disse ele.
 
De maneira especial, Gladson Cameli fez questão de registrar sua gratidão aos 218.756 mil acreanos que o elegeram senador da República em outubro deste ano, tornando-o o senador mais jovem do Brasil. “Sinto-me profundamente feliz e realizado por esse novo voto de confiança, e reafirmo aqui meu compromisso com todos os acreanos, inpendente de terem ou não votado em mim. Continuarei sendo uma voz firme em defesa dos interesses do Acre no Congresso Nacional”, frisou.
 
“O Acre está no meu coração e na minha mente”
 
Ainda na tribuna da Câmara Federal, Gladson Cameli deu seguimento a leitura do seu discurso agradecendo a militância que foi às ruas com ele para conquistar a eleição para o Senado da República. “Esse sentimento, essa experiência e essa confiança que compartilhamos na campanha serão a minha maior motivação para exercer o mandato de senador. Representá-los bem no Senado será sempre motivo de orgulho e honra”, afirmou Gladson.
 
Fazendo também um agradecimento aos colegas de parlamento, Cameli reafirmou seu compromisso de continuar trabalhando no Senado em defesa dos grandes temas de interesse nacional, como a reforma tributária e a aprovação de leis mais justas para todo o povo brasileiro. “Despeço-me mais confiante no Brasil e ainda mais confiante no futuro do Acre. Peço a Deus sabedoria para que eu possa continua sendo motivo de orgulho para meu querido povo acreano, e também para todos os brasileiros”, finalizou. 
 
O discurso de Gladson foi elogiado pelo deputado federal Wellignton Fagundes (PR-MT), que agradeceu o companheirismo de Cameli como colega de parlamento, e também o parabenizou pela vitória com votação histórica para o Senado da República no Acre.
 
 
LEIA A ÍNTEGRA DO DISCURSO DE GLADSON CAMELI:
 
 
Pronunciamento realizado pelo Deputado Gladson Cameli na sessão da Câmara dos Deputados, em 11/12/2014.
 
 Senhor Presidente,
Senhoras e Senhores Deputados,
 
Depois de oito anos como parlamentar desta Casa, representando o meu querido estado do Acre, venho a esta tribuna expressar toda a minha gratidão ao povo acreano, de modo especial às famílias que sempre me acolheram e apoiaram desde o início da minha caminhada política. Antes, porém, quero agradecer a Deus pelos dois mandatos consecutivos a mim conferidos por meio do voto popular. É uma grande honra representar o povo brasileiro nesta Casa, e mais ainda, ser um deputado do Acre, um estado localizado estrategicamente, que tem um povo magnífico, politizado, e que é motivo de orgulho para todo o nosso País.
 
Nesses oito anos de mandato, procurei trabalhar em profunda sintonia com o povo brasileiro, sempre atento às expectativas daqueles que em mim depositaram seu voto de confiança. Cheguei aqui em 2007 com apenas 28 anos de idade, cheio de sonhos, e impulsionado pelo exemplo do meu tio, o saudoso governador Orleir Messias Cameli, falecido em 2013. Foi ele quem me ensinou a colocar a vontade do povo acima de qualquer interesse particular, e é isso que tenho procurado fazer como parlamentar. 
 
Apresentei projetos que de maneira direta ou indireta beneficiam as famílias. Indiquei recursos para todos os municípios do Acre, sem fazer distinção partidária e sem politicagem, mantendo o meu gabinete sempre de portas abertas aos acreanos. 
 
Dentre as propostas que apresentei posso citar o PL 7040, que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de câmeras de vídeo nas escolas públicas em todo território nacional; e o PL 7504, que altera a Lei 8.213/91, para contar como tempo de efetiva atividade rural o período de defeso na atividade pesqueira e afins. 
 
Também fui relator de diversos projetos, como o PL 5957, que dispõe sobre o regime tributário, cambial e administrativo das Zonas de Processamento de Exportação - ZPEs, além de outras atividades legislativas igualmente importantes para o Acre e para o Brasil.
 
Mas o que me traz aqui hoje, nobres Colegas, é um sentimento muito forte de gratidão e de carinho para com os meus irmãos e irmãs acreanos. Graças a eles, no dia 5 de outubro me tornei o Senador mais jovem da República, e o político mais votado na historia das eleições no Acre, 218 mil 756 eleitores me escolheram para representar o Acre no Senado Federal na nova legislatura. Isto quer dizer que 58% da população do meu estado aprovou o nosso jeito de fazer política e o trabalho que realizamos nesses 8 anos como deputado federal. 
Especialmente a esses 218 mil 756 eleitores, o meu muito obrigado, e meu muito obrigado também a todos os acreanos. 
 
Sinto-me profundamente feliz e realizado por esse novo voto de confiança. Mas deixo claro que não serei o senador apenas daqueles que votaram em mim, serei o senador de todos os acreanos, uma voz firme em defesa dos interesses do estado do Acre no Congresso Nacional.
 
O povo do meu estado, Senhoras e Senhores, já provou que não tem medo de apostar nos jovens. Foi assim em 1994, quando Marina Silva estreou na política nacional como a mais jovem senadora do País, título este que agora a mim é concedido. Quero ressaltar que a pouca idade não representa falta de experiência, pelo contrário, representa garra, atitude e vontade de fazer uma nova política de verdade, focada nos mais legítimos interesses dos brasileiros, uma política de combate permanente à corrupção, de zelo para com a coisa pública e de valorização do povo. A experiência de que preciso para legislar eu busco ouvindo os mais velhos, ouvindo o povo nas ruas e seguindo os bons exemplos que felizmente ainda temos no nosso Parlamento. E o povo tem sempre muito a nos ensinar.
Eu agradeço também, de maneira muito particular, à nossa militância, que para conquistar a confiança dos eleitores teve que enfrentar o PT no âmbito federal, estadual e municipal. Graças a Deus, vencemos juntos todas as barreiras. 
Ao longo da campanha, percorremos todo o estado, ouvimos as pessoas nas ruas, entramos em suas casas e ouvimos seus anseios, suas angústias e suas expectativas de um futuro melhor. Tudo isso está aqui bem vivo na minha memória. Não pensem, meus conterrâneos, que disso me esquecerei! Esse sentimento, essa experiência e essa confiança que compartilhamos na campanha serão a minha maior motivação para exercer esse mandato no Senado. Representá-los é sempre um orgulho e uma honra; mas representá-los bem no Senado será a minha maior meta. Transformar em realidade os sonhos e desejos do povo acreano será meu desafio número 1 como senador, e para alcançar essa meta jamais descansarei. 
 
O Acre está no meu coração, na minha mente, faz parte da minha história de vida. Tenham certeza, meus amigos e amigas, que irei retribuir com trabalho, dedicação e seriedade a confiança de cada um de vocês. O mandato de senador é do Acre, é de todos os acreanos, eu sou apenas um instrumento, e procurarei exercê-lo da forma mais honrada possível.
 
Finalmente, agradeço aos colegas com os quais convivi nesta Casa e que sempre me acolheram tão bem. Podem ter certeza que aprendi muito com Vossas Excelências. A partir de 1º de fevereiro de 2015, de posse do mandato de Senador, irei continuar trabalhando incansavelmente em defesa dos grandes temas de interesse nacional, como a reforma política, a reforma tributária, e a aprovação de leis mais justas para todo o povo brasileiro.
 
Despeço-me já saudoso, porém ainda mais confiante no Brasil, ainda mais confiante no futuro do Acre, e ainda mais sonhador, como é natural de todo jovem de 36 anos como eu. Hoje, só peço a Deus sabedoria, para que eu possa, verdadeiramente, continuar sendo motivo de orgulho para meu querido povo acreano, e também um orgulho para todos os brasileiros. 
 
 
Muito obrigado!
 
GLADSON CAMELI
 
  
Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades