ACREdite: Cameli lança campanha pelo povo do Acre no Senado

  • 10 de March de 2015

campanha sos acreFoi lançada no Senado, nesta segunda-feira, 09, a campanha “ACREdite na Solidariedade #Brasília- Neste momento todo brasileiro é acreano” pelo senador Gladson Cameli que se tornou embaixador do projeto na Casa Legislativa. Serão sete pontos de coleta onde os servidores e a população poderão doar alimentos não perecíveis, produtos de limpeza, roupas, fraldas descartáveis e água aos habitantes do Acre que foram vítimas das enchentes.

Para o senador, é preciso que os brasileiros se unam para ajudar o Acre.

 

“As águas começaram a baixar e tem início agora o trabalho de limpeza. As famílias estão retornando às suas residências. É hora de retomar a vida normal. Reconstruir o que foi danificado. A ideia é unir todos os brasileiros em prol do Estado do Acre, que está precisando”, destacou Cameli.

 

O idealizador do projeto em Brasília é o publicitário André Medeiros que é acreano e mora em Brasília há sete anos. Durante o lançamento da campanha ele frisou a importância da sociedade se engajar no projeto e ajudar as famílias desabrigadas no Acre. “Desde que a campanha foi lançada em Brasília o número de embaixadores, título para os representantes dos pontos de coleta, vem crescendo. A sociedade está empenhada para ajudar meus conterrâneos, isso é muito bom”, ressaltou.

 

Senador pede mais apoio ao Acre após enchente

 

O senador Gladson Cameli pediu mais apoio público para recuperação das cidades acrianas atingidas pela enchente do Rio Acre, a pior dos últimos 135 anos.

 

Ele disse que somente com a destruição das pequenas lavouras de subsistência de mandioca, feijão, cana-de-açúcar e arroz o prejuízo é de mais de R$ 52 milhões. Também o comércio foi atingido e teve suas mercadorias e instalações destruídas, segundo relatou..

Por isso, Gladson Cameli pediu mais linhas de crédito emergenciais para que comerciantes e pequenos produtores e cooperativas possam retomar suas atividades.

- A reconstrução das cidades que foram parcialmente destruídas poderá ser feita em menos tempo se conseguirmos um atendimento diferenciado para sua população pelos programas federais, como o Minha Casa, Minha Vida. Chamo a atenção do Banco do Brasil, da Caixa Econômica e do Basa (Banco da Amazônia) para o meu estado e faço um apelo para que estudem a possibilidade de fornecimento dessas linhas de crédito emergenciais. A população acriana precisa, como nunca, desse apoio - disse o senador.

 

Gladson Cameli também pediu aos brasileiros doações de alimentos não perecíveis, roupas e fraldas descartáveis para crianças e idosos das famílias desabrigadas. Doações em dinheiro podem ser feitas por pela conta SOS ENCHENTE RIO ACRE, aberta pelo Banco do Brasil para garantir a compra de alimentos e produtos de primeira necessidade para as famílias instaladas nos abrigos. A conta é 500-2, agência 0071-x.

(Assessoria com a Agência Senado)

 

Pontos de Coleta da campanha no Senado Federal

 

São sete os pontos de coletas de doações para os atingidos pelas enchentes no Acre instalados no Senado. Ficam nas Portarias dos Anexos I e II; Portaria do Interlegis, Entrada do Edifício 7; Centro administrativo; Entrada do ILB e Entrada do antigo SIS. As doações serão recebidas até o dia 23 de março. O senador Gladson Cameli explicou que foi firmado um acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB) e com uma empresa privada de aviação para levar os donativos arrecadados ao Acre.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades