Seguro-defeso: Cameli solicita de ministra agilidade no recadastramento e na liberação do pagamento

O senador Gladson Cameli (PP-AC) em reunião com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, solicitou, mais uma vez, agilidade no processo de recadastramento dos pescadores e na liberação do pagamento do seguro-defeso. A ministra informou ao parlamentar que no prazo de 15 dias começará o recadastramento dos pescadores.

 Defensor da agropecuária, o senador Cameli pediu apoio à ministra para que o recadastramento dos pescadores seja feito o mais rápido possível. “A medida de suspender o seguro-defeso pode trazer prejuízos tanto para os pescadores, tanto para o meio ambiente. Por isso, cobrei agilidade do ministério para começar o recadastramento, para que de forma justa, os pescadores voltem a ter seu direito garantido”, ressaltou.

 A ministra informou ao senador que o ministério tem trabalhado para agilizar o processo de recadastramento. “No prazo de 15 dias vai começar o recadastramento que tem como objetivo regularizar a aplicação de recursos públicos usados para o pagamento do benefício”, destacou.

Informações sobre o seguro defeso:

 O seguro-defeso é um benefício concedido pelo governo federal ao pescador profissional artesanal durante o período de paralisação da pesca para preservação das espécies. O valor do seguro corresponde a um salário mínimo por mês durante a temporada de suspensão da pesca. Em outubro, foi determinado a suspensão do benefício pela Portaria Interministerial 192 (ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente).

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades