Ministro do Planejamento garante a Gladson autonomia do Dnit no Acre

No Dnit, o senador cobrou agilidade na manutenção da BR-364 e a construção do Anel Viário entre Epitaciolândia e Brasileia

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG), Dyogo de Oliveira, garantiu para o senador Gladson Cameli (PP-AC) a criação, no estado do Acre, da superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), na manhã desta quarta-feira (10). O parlamentar também foi ao Dnit cobrar agilidade no processo licitatório para a manutenção da BR-364 e a construção do Anel Viário entre Epitaciolândia e Brasileia.

No MPOG, o senador ressaltou ao ministro a importância de o Acre ter autonomia administrativa para agilizar os procedimentos de infraestrutura, que hoje são competência de Rondônia. O supervisor do departamento no Acre, Tiago Caetano, presente na audiência, destacou que a criação do órgão no estado é fundamental para otimizar os projetos em andamento e aprovar com mais rapidez as obras.

Dyogo de Oliveira informou que, no âmbito do ministério, a parte administrativa para criação do departamento no Acre também está autorizada, anteriormente ela tinha sido aprovada pelo colegiado do Dnit. O ministro disse que o próximo passo é realizar um estudo administrativo.

Em reunião no Dnit, Cameli pediu ao diretor, Valter Silveira, que as obras acrianas saiam do papel. De acordo com o parlamentar, a conclusão  delas é muito importante para o estado. “Nossa bancada federal está empenhada para que essas obras saiam do papel e possam, realmente, beneficiar a população acriana. A manutenção da BR-364 precisa começar urgentemente para aproveitamos o verão amazônico e o Anel Viário que ligará Epitaciolândia e Brasileia já tem recursos garantidos”, informou.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades