Gladson diz sim à admissibilidade do impeachment

Por 55 a 22, Senado aprova abertura de processo de impeachment e presidente Dilma Rousseff é afastada por até 180 para que o Senado julgue o mérito da denúncia

O plenário do Senado aprovou, por 55 votos a 22, o parecer da Comissão Especial do Impeachment favorável à abertura do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff. “O momento de hoje não é para festa, mas para julgar e fazer cumprir nossa Constituição, à luz do rito ditado pela guardiã da nossa Lei maior, a Suprema Corte. O PT não pode mais administrar a coisa pública como se fosse um bem particular. Precisamos recuperar a confiança econômica e devolver os empregos aos pais de famílias”, refletiu o senador Gladson Cameli (PP-AC) durante a discussão da matéria.

Com a aprovação da admissibilidade do processo, a presidente deverá ser afastada por até 180 dias para que o Senado investigue o mérito da denúncia de que Dilma Rousseff cometeu crime de responsabilidade por abrir créditos suplementares sem autorização do Congresso Nacional e a contratar, de maneira ilegal, operações de crédito com instituições financeiras controladas pela União.

“Esses atos mostraram sérios indícios de graves e repetidos atentados a princípios da Constituição Federal, no caso, a separação dos Poderes, o controle parlamentar das finanças públicas, a boa gestão do dinheiro público e o respeito às leis orçamentárias, elementos imprescindíveis da boa governança e da democracia”, observou o senador.

Após a fase de investigação, haverá uma segunda votação em plenário que definirá o impeachment ou não. Essa sessão será presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e para destituir a presidente é necessário o voto favorável de 54 senadores (dois terços da composição da Casa). “Estou plenamente convencido da necessidade de examinarmos nesta Casa, como mandam a Constituição e o Supremo Tribunal Federal, o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff”, declarou Gladson Cameli.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades