DNIT anuncia início das obras da BR-364 no trecho entre o Rio Liberdade e Tarauacá

Acordo com as empresas visa o ataque nos pontos mais críticos e a reposição de pavimento para garantir melhoria no acesso até Cruzeiro do Sul e o não fechamento da rodovia

O Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) no Acre, Thiago Caetano, anunciou para a próxima segunda-feira, 24, o início das obras preliminares da BR-364 no trecho entre o Rio Liberdade e a cidade de Tarauacá. A decisão foi tomada após uma reunião entre o departamento e as empresas responsáveis pela manutenção dos trechos, ontem (18) em Sena Madureira.

“Os serviços serão preliminares, mas já vão garantir maior segurança, nossa intenção é de atacar os trechos mais críticos com espalhamento de solo e reposição de pavimentação para melhorar a trafegabilidade”, disse Caetano.

Ainda de acordo o Superintendente, as obras serão intensificadas na região de acordo com o cronograma de liberação de recursos pelo governo federal. Ele destacou uma movimentação da bancada federal para garantir mais dinheiro nesta etapa de revitalização, conhecida como CREMA.

“O senador Gladson Cameli e toda a bancada federal tem se articulado de forma intensa em Brasília para garantir a trafegabilidade na rodovia” acrescentou Caetano.

Outras deliberações aconteceram no encontro com empresários na região do Iaco. Segundo Caetano, com relação ao ritmo das obras nos trechos entre Manoel Urbano e Sena Madureira, Tarauacá/Feijó avançando para Manoel Urbano, ficou definido uma meta de produção de 13 km de restauração por semana e, ainda, 8 erosões por semana.

“Nós precisamos aproveitar cada dia de verão para avançar nessa etapa, graças a Deus os recursos estão garantidos e existe muito compromisso e boa vontade dos empresários” destacou Caetano.

O senador Gladson Cameli voltou a percorrer de carro, durante todo o dia de ontem (18), toda a rodovia, saindo de Cruzeiro do Sul até Rio Branco. Para ele, iniciar as etapas de revitalização do trecho a partir do Rio Liberdade até Tarauacá é fundamental para garantir o acesso com mais segurança em toda a região. Cameli destacou os avanços nos trechos onde as obras foram iniciadas em julho.

“Passo a passo vamos avançando, corrigindo os pontos críticos, garantindo nesse momento, o não fechamento da rodovia. Como sempre tenho dito, dela dependem cerca de 250 mil pessoas diariamente. Nosso esforço continua de forma incessante junto ao governo federal para o cumprimento do cronograma financeiro das obras” comentou Cameli. 

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!

Comentários

Siga nas redes sociais:

Receba Novidades